28/02/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
No Norte Pioneiro

Falsos funcionários da Sanepar aplicam golpe em idosa

Dois falsos funcionários da Sanepar furtaram R$ 300, documentos e cartões de crédito de uma idosa de 77 anos na manhã de quinta-feira (26) em Cornélio Procópio (Norte Pioneiro). A vítima registrou um boletim de ocorrência na PM (Polícia Militar).

Divulgação/Sanepar
Divulgação/<a href='/tags/sanepar/' target='_blank'>Sanepar</a>


De acordo com a PM, dois homens se apresentaram como funcionários da Sanepar na residência da idosa afirmando que poderiam fazer substituição de lacre no hidrômetro para que a conta ficasse mais barata. Entretanto, a dupla precisaria ligar o chuveiro para testar a "gambiarra".

Após insistência dos suspeitos, a vítima deixou a dupla entrar em sua casa e, enquanto ela estava testando o chuveiro com um dos suspeitos, o outro rapaz subtraiu R$ 300, documentos e cartões de crédito da idosa que estavam em outro cômodo da residência.

Em nota, a Sanepar afirma que todo funcionário da companhia possui crachá de identificação, usa uniforme e veículo com a logo da empresa. E, caso seja terceirizado, o funcionário também usa uniforme e veículo com frase "A serviço da Sanepar". Os clientes podem solicitar os dados dos funcionários e questionar sobre o serviço que será prestado.

Confira a nota na íntegra:

"Sanepar alerta para golpe do falso funcionário em Cornélio

Sanepar alerta que criminosos estão se passando por empregados da empresa em Cornélio Procópio. Conforme relato de uma moradora, que fez boletim de ocorrência policial, dois homens foram até sua residência e identificaram-se como empregados da Sanepar que iriam fazer substituição de lacre no hidrômetro. Os homens insistiram e um deles acabou entrando na casa e roubando alguns pertences.

A Sanepar informa que todo empregado tem crachá de identificação, usa uniforme e veículo com a logomarca da empresa. Se for funcionário terceirizado, também usa uniforme e tem veículo com a frase "A serviço da Sanepar”. Além disso, o cliente pode conferir com o empregado ou terceirizado os seus dados. Se for realmente serviço da Sanepar, os funcionários têm que dizer os dados sobre o cliente e o serviço a ser executado.

Em caso de dúvidas ou suspeita, o cliente deve ligar imediatamente para a Sanepar, no 0800 200 0115 ou diretamente para a Polícia.

A Sanepar alerta ainda que qualquer serviço prestado pela Companhia é cobrado apenas por meio da fatura mensal. Em hipótese alguma a Sanepar faz cobrança direta ao cliente."

Redação Bonde
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Maringá e Marialva

PRF intercepta dois veículos com contrabando no Norte do PR

Concurso 2.237

Confira os números da Mega-Sena de R$ 200 milhões

Operação Carnaval 2020

Mortes nas rodovias brasileiras no carnaval aumentaram 8%

Veja mais e a capa do canal